CINTAS PÓS PARTO (PERGUNTAS E RESPOSTAS

CINTAS PÓS PARTO (PERGUNTAS E RESPOSTAS

A cinta pós parto apesar de muito usada gera dúvidas entre as gestantes e mamães. a Adri Lingerie vai esclarecer algumas perguntas que são freqüentes entre as futuras mamães.

Cinta pós parto funciona?

A cinta pós-parto ao contrário do que pensam não tem o objetivo de ajudar o corpo a voltar ao que era antes da gravidez mais rapidamente e não contribui para o emagrecimento, esta peça é recomendada para dar mais segurança para mulher sentar, levantar, andar, enfim se locomover, a cinta faz o abdômen fica mais firme deixando a mulher mais segura.

A cinta não é algo obrigatório, pessoas que não tem condições de adquirir a peça vive muito bem sem ela.

Como funciona a cinta pós-parto?

A cinta pós parto é feita de uma tecido mais firme, por isso dá a sensação de firmeza no abdômen, esse é seu principal objetivo.

Durante o pós parto muitas mulheres relatam sentir a barriga meio "solta" pois leva algum tempo para a barriga voltar ao tamanho que era antes da gestação e com o parto e sem o bebê a mamãe sente um vazio. A cinta pós parto então entra para diminuir essa sensação.

Prós e contras

Após o parto o útero da mulher fica menor e mais solto dentro do abdômen o que causa um desconforto e certa insegurança para a mulher, por isso a cinta proporciona segurança e firmeza. Portanto existem médicos que acreditam que o uso constante não permite a movimentação dos músculos e atrapalha o fluxo sanguíneo, dificultando a recuperação do corpo. 

Desta forma, é melhor consultar seu obstetra sobre utilizar ou não a cinta.

Como usar a cinta pós parto

A cinta não deve fica apertada demais ou causar dor, o correto é proporcionar firmeza e segurança. No caso de mulheres que passaram por parto cesárea, a cinta deve cobrir a cicatriz.

Quando e quanto tempo deve ser usada a cinta

A mulher que adquire a cinta pós parto, e orientado que a mesma seja usada por um período de cinco meses, a cinta deve ser evitada caso o local da cesárea apresente inflamação ou sangramento, pois a região precisa ficar arejada.

Não se recomenda usar a cinta logo após o parto, pois devido os gases e intestino preso ela causará um certo desconforto.

Modelos de cinta pós parto

1. Cinta com busto para amamentar: este modelo já vem com o sutiã para amamentar, pode ser estilo body ou macaquinho;

2. Cinta sem pernas, esse modelo é similar a uma calcinha só que com a cintura mais alta podendo subir até a altura do umbigo ou chegar até os seios.

3. Cinta com pernas, costuma ir até a altura do joelho e pode chegar até o umbigo ou até onde começam os seios.

Qual modelo escolher? 

O melhor é optar pela cinta que vai da virilha até o abdômen, escolha modelos confortáveis que não tenham arames.

Cuidados ao usar a cinta pós-parto

Na hora de vestir a cinta é necessário ter alguns cuidados, para as mamães que fizeram cesárea a cinta deve ser evitada nos primeiros dias após o parto, também não deve ser usada quando houver sangramento nos pontos ou algum sinal de infecção, outra coisa importante é que a cinta deve ser alta e cobrir a cicatriz.

Outra dica é não comprar cintas apertadas demais, a mulher precisa se sentir confortável.

Benefícios da cinta pós-parto

O maior benefício é proporcionar maior segurança para a mulher realizar atividades do dia a dia, como levantar, sentar, andar, etc.

Quanto custa uma cinta pós parto?

O preço da cinta vai variar de acordo com modelos e marcas disponíveis no mercado e vai de 50,00 até acima de 350,00 reais.

Todos os comentários

Deixe um comentário